A suspensão do veículo é o conjunto de peças

Suspensão do veículo

A suspensão do veículo é o conjunto de peças que impedem a transmissão dos solavancos que a roda sofre e a carroçaria. É parte do chassi onde abrange componentes na parte inferior do automóvel, como a direção, além de pneus e freios.

É realizada por um conjunto de molas e amortecedor. A roda é ligada ao chassi ou a carroçaria. Como a roda é considerada mais leve que o resto do veículo. Ao entrar ou sair de um buraco é a roda que recebe o impacto e vibra e não a carroçaria.

Há molas de vários modelos como a de feixe semelhante a que usam todos os caminhões. E a mola em espiral, usada tanto na suspensão dianteira. E como traseira e a mista espiral na frente e feixe atrás.

A suspensão independente

No eixo dianteiro quase todos os veículos usam suspensão independente porém quando a suspensão não é independente. E tem-se um eixo apenas e uma mola em cada roda.

Nas suspensão independente, em vez de um eixo só, tem-se dois meios-eixos e, na ponta de cada um, as rodas. Sendo assim ao passar num buraco de apenas a roda é afetada trepida a outra não. Esta é a grande vantagem da suspensão independente.

O sistema de suspensão do veículo se completa por um amortecedor, cuja função é amortecer as oscilações que a mola criou. Se não houvesse amortecedor, a carroçaria oscilaria para cima e para baixo, e essas oscilações demorariam para acabar.

Graças ao amortecedor, essas oscilações diminuem rapidamente, melhorando as condições de conforto dos passageiros.

Os principais problemas no sistema de suspensão de um veículo ocorrem por maus hábitos ao volante.


Kit de Caixa da direção hidraulica

Frear bruscamente, passar sobre lombadas e quebra-molas na diagonal. E não reduzir a velocidade diante de buracos são fatores que podem trincar e quebrar molas, além de danificar os amortecedores.